Informação

A aranha - cartaz de procurado


retrato

nome: Aranha
Nome latino: Araneae
classe: Aracnídeos
tamanho: 0,4 - 10cm
peso: máx. 130g
idade: 1-15 anos
aparência: de oito pernas, diferente Cores possíveis (preto, marrom, amarelo, vermelho)
dimorfismo sexual: Sim
tipo de nutrição: Insetívoro (insetívoro)
comida: Formigas, moscas, besouros, joaninha, mosquito, aranha
propagação: em todo o mundo
ritmo de sono-vigília: dia ou noite ativo
habitat: Florestas, prados
inimigos naturais: Anfíbios, répteis, pássaros
maturidade sexual: espécie específica
época de acasalamento: Junho a outubro
comportamento social: Solitários
Da extinção: Não
Mais perfis de animais podem ser encontrados na Enciclopédia.

Interessante sobre a aranha

  • Todas as aranhas têm oito pernas.
  • Atualmente, cerca de 45.000 espécies de aranhas são conhecidas. Todos os anos, mais de cem novas espécies de aranhas são descobertas.
  • A causa exata da ansiedade da aranha não pôde ser esclarecida até agora. A aprendizagem observacional, no entanto, parece desempenhar um papel importante. Os povos indígenas da Indonésia ou do Brasil, onde as aranhas venenosas são muito mais comuns, não têm medo de aranhas.
  • Apenas algumas aranhas podem ser perigosas para um humano adulto: i.a. a aranha da banana, a teia do funil ou a viúva negra. Em pessoas alérgicas, no entanto, uma picada de aranha inofensiva pode levar a um choque alérgico.
  • O tamanho de uma aranha não diz nada sobre sua toxicidade. O veneno da tarântula (foto à direita) é muito fraco para matar um humano.
  • As aranhas têm órgãos minúsculos, incluindo o cérebro e o coração.
  • Uma teia de aranha consiste em fios de aranha pegajosos e não pegajosos. Somente a aranha sabe quais fios ela pode seguir em frente sem se prender.
  • A menor aranha do mundo cresce até um comprimento máximo de 0,4 cm (Patu digua), sendo a maior de mais de 10 cm (tarântula).
  • No abdômen da aranha está a glândula de aranha, com a qual a seda da aranha pode ser feita. A seda de aranha é uma das substâncias naturais mais estáveis.
  • A viúva negra às vezes come o macho depois do acasalamento.
  • No decorrer da evolução, as aranhas desenvolveram diferentes técnicas de caça: tecer teias de aranha (tecelão), cavar buracos (aranha de porta de armadilha), caçar na água (aranha de água), pular na presa (aranha de casca) ou cuspir veneno na presa (aranha de aranha).
  • Para muitos ecossistemas, as aranhas são indispensáveis ​​porque reduzem significativamente o número de insetos. (por exemplo, mosquitos)