Em formação

O processo de fotossíntese ocorre em plantas insetívoras?


O processo de fotossíntese ocorre em plantas insetívoras? Você pode me dar uma resposta clara e me explicar como? e também pode descrever o ambiente em que crescem? Obrigado


"As plantas carnívoras são aquelas que obtêm alguns ou a maioria de seus nutrientes (mas não energia) da captura e consumo de animais ou protozoários, geralmente insetos e outros artrópodes. As plantas carnívoras se adaptaram para crescer em locais com muita luz, onde o solo é ralo ou pobre em nutrientes, especialmente nitrogênio, como pântanos ácidos e afloramentos rochosos. "

Fonte: https://en.m.wikipedia.org/wiki/Carnivorous_plant


Fotossíntese em Plantas Superiores Classe 11 Questões Importantes Tipo de Resposta Muito Curta

Questão 1.
O que é fotossíntese? Explique com reação química.
Responder:
Fotossíntese: a fotossíntese é um processo químico pelo qual as plantas verdes sintetizam carboidratos como materiais alimentares simples de dióxido de carbono e água na presença de luz solar. Moléculas de água são oxidadas e CO2 as moléculas são reduzidas por este processo. A fotossíntese é expressa com a ajuda da seguinte reação química:

Questão 2.
Cite os produtos da reação à luz do processo de fotossíntese.
Responder:
Os produtos da reação à luz do processo de fotossíntese são ATP e NADPH2.

Questão 3.
O que são reagentes de Hill ou agentes oxidantes de Hill?
Responder:
Hill observou que a evolução de O2 foi possível quando o cloroplasto de Stellaria media suspenso em água na ausência de CO2 foram expostos à luz e abastecidos com sais como ferricianetos, benzoquinonas, diclorofenol, que serviram como aceptores de hidrogênio. Essas substâncias são chamadas de reagentes de Hill.

Questão 4.
Nomeie os pigmentos fotossintéticos encontrados nas bactérias.
Responder:
Os pigmentos fotossintéticos encontrados nas bactérias são:

Questão 5.
Cite quaisquer duas plantas insetívoras.
Responder:

Questão 6.
Escreva quaisquer duas diferenças entre CAM e C4 plantas.
Responder:
Diferenças entre CAM e C4 plantas

Plantas CAM C4 plantas
1. São plantas suculentas da família Crassulaceae. São plantas monocotiledôneas com anatomia Kranz em suas folhas.
2. Dois ciclos de carbono são separados devido hoje e à noite. Dois ciclos de carbono são separados devido à anatomia Kranz das folhas.

Fotossíntese em Plantas Superiores Classe 11 Perguntas Importantes Tipo de Resposta Curta

Questão 1.
Dê um exemplo para provar que o oxigênio liberado durante o processo de fotossíntese é oxigênio da água, não de CO2.
Responder:
O oxigênio liberado durante a fotossíntese faz parte da molécula de água. Isso é provado pelo experimento Rubem e Camanis. Para este processo é tomado esse tipo de água cujo oxigênio contém os isótopos O 18 e após a equação o oxigênio liberado também é O 18.

Por esses experimentos é provado que após a fotossíntese o O liberado2 é a parte da molécula de água.

Questão 2.
Qual é o ponto de compensação da intensidade da luz?
Responder:
À tarde, quando a intensidade da luz é alta, a taxa de fotossíntese é alta, então as plantas liberam O2 enquanto que à noite, quando não há luz solar, o processo de fotossíntese não ocorre, mas durante a manhã e à noite, quando há menos intensidade de luz, a taxa de fotossíntese torna-se muito baixa, igual à taxa de fotossíntese.

Portanto, durante este tempo O2 liberado durante o processo de fotossíntese é totalmente utilizado para o processo de respiração e CO2 produzido durante a respiração é totalmente usado para o processo de fotossíntese pela planta, portanto, não há liberação de qualquer gás durante este tempo. Esta condição é chamada de ponto de compensação.

Questão 3.
Descreva a reação de Hill em 50 palavras e forneça as reações químicas necessárias.
Responder:
Reação de Hill: É a primeira etapa do processo de fotossíntese, que ocorre na parte grana do cloroplasto.
Ela ocorre na presença de luz e foi descoberta pelo cientista Hill. É concluído nas seguintes etapas:
1. Fotofosforilação:

2. Fotólise da água:
12H2O → 12H + + 12OH & # 8211
12OH & # 8211 -12e & # 8211 → 12OH
12OH → 6H2O + 3CO2

3. Hidrogenação:

Questão 4.
Dê importância ao processo de fotossíntese.
Responder:
Significado do processo de fotossíntese:

  • Por esse processo, as plantas verdes não apenas produzem alimentos para si mesmas, mas também para todos os outros organismos. Assim, as plantas verdes também são chamadas de produtoras.
  • Plantas usam CO prejudicial2 da atmosfera para preparar alimentos orgânicos e libera 02 na atmosfera, ajudando assim a manter O2-CO2 equilíbrio na natureza.
  • Ele regula a temperatura absorvendo a luz solar.
  • Ao absorver CO2 da atmosfera ajuda a reduzir o aquecimento global.

Questão 5.
Dar efeito de Luz e CO2 no processo de fotossíntese.
Responder:

  • Afeto da Luz: A taxa de fotossíntese aumenta com o aumento da intensidade da luz e diminui com menos intensidade da luz. A cor da luz também afeta a taxa de fotossíntese. A taxa de fotossíntese é mais alta na luz vermelha, na luz azul a taxa de fotossíntese é a segunda mais alta. A luz verde é refletida de volta pela molécula de clorofila, portanto, a taxa de fotossíntese é nula na luz verde.
  • Afeto de CO2: A taxa de fotossíntese aumenta com o aumento da quantidade de CO2 mas até um certo limite (de acordo com a lei do fator limitante) além do qual não há efeito.

Questão 6.
Explique quaisquer dois fatores internos que afetam o processo de fotossíntese.
Responder:
Fatores internos que afetam o processo de fotossíntese:

  1. Clorofila: A quantidade de clorofila presente na parte da planta tem uma relação direta com a taxa de fotossíntese porque é o pigmento que é fotorreceptivo e está diretamente envolvido na captura da energia luminosa.
  2. Acúmulo de produtos finais: A taxa de translocação dos alimentos fabricados nas folhas diminui à tarde e, portanto, começa a se acumular nas células do mesofilo. O acúmulo do produto final diminui a taxa de fotossíntese à tarde.

Questão 7.
Se uma folha for mantida em um quarto escuro, sua cor gradualmente se tornará amarela e amarela esverdeada. Qual pigmento é mais estável na sua opinião? (NCERT)
Responder:
A clorofila-b é mais estável, sendo o pigmento amarelo-esverdeado, e a xantofila (pigmento amarelo) nas folhas é mais estável.

Questão 8.
Dois lados das folhas dorsiventrais são diferentes na cor, por exemplo, a parte superior é escura em comparação com a parte inferior ou compare as folhas das plantas mantidas à sombra com as plantas mantidas sob luz. Qual é de cor escura e por quê? (NCERT)
Responder:
Nas folhas dorsiventrais, a superfície superior das folhas contém mais clorofila-a. O local onde a clorofila-a é encontrada aumenta a taxa de absorção de luz em comparação com a parte inferior. Parte da folha onde mais clorofila-a é encontrada aparece de cor verde brilhante, enquanto parte das folhas que permanecem na sombra parecem menos verdes devido à menor quantidade de clorofila-a.

Questão 9.
Qual é o efeito Emmerson?
Responder:
Efeito Emmerson: Durante o trabalho no processo de fotossíntese, Robert Emmerson determinou a produção quântica (número de O2 moléculas produzidas pela absorção de uma luz quântica) de luz de vários comprimentos de onda e descobriram que a produção quântica é máxima na luz vermelha de 680 nm. comprimento de onda, mas quando o comprimento de onda dessa luz vermelha é aumentado mais, a produção quântica cai de repente. Isso é chamado de queda vermelha.
Emmerson também observou que quando menos comprimento de onda a luz é fornecida com luz vermelha de 680 nm. comprimento de onda então a produção quântica aumenta novamente. Isso é chamado de efeito de aprimoramento Emmerson.

Questão 10.
Você pode identificar observando características externas se a planta é C3 Ou C4 plantar?
Responder:
Geralmente C4 as plantas crescem em alta intensidade de luz em temperatura diurna de 30-35 ° C, ou seja, em atmosfera seca enquanto C3 as plantas crescem em temperatura moderada. C4 as plantas têm uma anatomia especial chamada de anatomia Kranz. Assim, a menos que observemos a anatomia interna, não é possível identificar uma planta se ela é C3 ou C4 plantar.

Questão 11.
Você pode identificar observando a estrutura interna se a planta é C3 ou C4 plantar?
Responder:
Anatomia de C4 mostra que tem anatomia de Kranz, ou seja, (a) Presença de células da bainha de um feixe espiral duplo firmemente compactado em torno do feixe vascular.
(b) Células da bainha do feixe são conectadas às células do mesófilo por plasmodesmos.
(c) As folhas das plantas C4 contêm dois tipos de cloroplastos:

  1. Cloroplasto do mesofilo: é menor, grana está presente e grãos de amido estão ausentes.
  2. Cloroplasto da bainha do feixe: é maior em tamanho, sem grana e possuindo grãos de amido.
    Em C4 plantas, CO2 a fixação ocorre por C3 e C4 ciclo. C3 ciclo ocorre na bainha do feixe enquanto C4 ciclo ocorre nas células do mesofilo.

Questão 12.
RuBisCo é uma enzima que atua como enzima carboxilase e oxigenase. Por que você assume que RuBisCo é encontrado em plantas C4 e faz a carboxilação em mais quantidade?
Responder:
Enzima RuBisCo mostra mais afinidade com CO2 em comparação com O2. Ambos CO2 e O2 pode ligar-se ao sítio ativo desta enzima. Essa ligação é do tipo competitivo. Ligação de O2 ou CO2 à enzima depende da concentração dessas substâncias.
C4 plantas têm um sistema que aumenta o CO2 concentração neles. Assim, ele atua como RuBisCo carboxilase neles e não pode atuar como oxigenase.

Questão 13.
Suponha que aqui as plantas com maior concentração de clorofila-b foram encontradas, enquanto as plantas com deficiência de clorofila-a foram em menor número, foram capazes de fazer a fotossíntese? Então, por que a clorofila b é encontrada nas plantas e qual é o papel de outros pigmentos menores? (NCERT)
Responder:
A cromatografia da clorofila mostra que a cor verde das folhas se deve à presença de quatro pigmentos:

O diagrama a seguir prova que a fotossíntese máxima ocorre na área da luz azul e vermelha do espectro. Alguma fotossíntese ocorre em outras ondas do espectro. Embora a clorofila-a seja o principal pigmento que absorve a luz, também outros pigmentos encontrados no tilacóide, como a clorofila-b, a xantofila e o caroteno, absorvem a luz e a transferem para a clorofila-a. Assim, eles são chamados de pigmentos acessórios.
Esses pigmentos aumentam a área das ondas, o que também evita a fotooxidação da clorofila-a.

Questão 14.
A taxa de fotossíntese é afetada pela luz.

Responda às seguintes perguntas com base no gráfico:
(a) Em quais pontos (A, B, C ou D) do gráfico a luz é o fator limitante.
(b) Qual fator limitante está no ponto A.
(c) O que é representado por C e D no gráfico.
Responder:
(a) Nos pontos B e C, a luz é o fator limitante.
(b) No ponto A do gráfico luz solar, temperatura, CO2 concentração, água, etc., fatores da fotossíntese estão presentes e afetam totalmente a fotossíntese de cada vez. Destes, qualquer um se torna o principal fator que afeta o processo de fotossíntese.

(c) C e D do gráfico representam que há uma relação linear entre a baixa intensidade de luz e a taxa de CO2 assimilação.
Em alta intensidade de luz, não há aumento nesta taxa, mas outros fatores tornam-se limitantes.
Após um incidente limite, o raio causa decomposição da molécula de clorofila, devido à qual a taxa de fotossíntese diminui.

Questão 15.
Escreva as diferenças entre os seguintes: (NCERT)
(a) C3 e C4 Caminhos.
(b) Fotofosforilação cíclica e não cíclica.
(c) Morfologia das folhas de C3 e C4 plantas.
Responder:
(a) Diferenças entre C3 e C4 Caminhos

C3 Caminho C4 Caminho
1. CO2 o aceitador é RuDP [um composto de 5 carbonos] CO2 o aceitador é PEP (piruvato de fosfoenol) [um composto de 3 carbonos].
2. O primeiro produto estável é PGA (ácido fosfoglicérico) O primeiro produto estável é OAA (ácido oxaloacético).
3. Excesso de O atmosférico2 inibe o processo de fotossíntese. Excesso de O atmosférico2 não tem efeito na fotossíntese.
4. Existe apenas o caminho Calvin-Benson. Existe a via Calvin-Benson e a via Hatch-Slack.
5. Assimilação de uma molécula de CO2 requer 2NADPFH2 e moléculas 3ATP. Assimilação de uma molécula de CO2 requer moléculas 2NADPH e 5ATP.
6. A temperatura ótima para a fotossíntese é de 10-25 ° C. A temperatura ótima para a fotossíntese é 30-45 ° C.
7. O caminho C3 pode ser observado em plantas temperadas como batata, manga, etc. C4 caminho pode ser observado em gramíneas tropicais como cana-de-açúcar, milho etc.

(b) Diferenças entre fotofosforilação cíclica e não cíclica

Fotofosforilação cíclica Fotofosforilação não cíclica
1. Envolve apenas o sistema de pigmento-I. Envolve o sistema de pigmento I e o sistema de pigmento II.
2. Elétrons liberados pelo pigmento Elétrons liberados pelo sistema de pigmento - eu volto a ele. Eu não volto a isso.
3. Produz apenas ATP. Produz ATP e NADPH2.
4. Não ocorre fotólise da água. Ocorre fotólise da água.
5. O oxigênio não é liberado. O oxigênio é liberado.

(c) Diferenças entre a morfologia das folhas de C3 e plantas C4

Morfologia de C3 Plantas Morfologia de C4 Plantas
1. Eles não têm anatomia Kranz. Eles têm anatomia Kranz.
2. Feixe de bainha parenquimatosa de camada fina é encontrado ao redor do feixe vascular. As células da bainha do feixe espiral duplo são encontradas compactamente compactadas ao redor do feixe vascular.
3. As células da bainha do feixe estão em contato com as células do mesofilo. As células da bainha do feixe são conectadas às células do mesofilo por plasmodesmos.
4. Folhas de C3 as plantas contêm cloroplastos semelhantes. Folhas de C4 as plantas contêm dois tipos de cloroplastos:
(a) Cloroplastos de mesofila que são menores, grana está presente e grãos de amido estão ausentes.
(b) Cloroplastos da bainha do feixe, que são maiores, sem grana e possuindo grãos de amido.

Questão 16.
Descreva brevemente a fotorrespiração.
Responder:
Fotorrespiração ou ciclo C 2: normalmente se acreditava que a taxa de respiração é igual durante o dia e a noite. Recentemente, foi observado que a luz afeta a respiração e a taxa de respiração na luz, talvez três a cinco vezes mais alta do que a respiração no escuro. Esse tipo de respiração é denominado fotorrespiração e está marcado como uma das novas descobertas da fisiologia das plantas. Na fotorrespiração, a temperatura desempenha um papel muito importante, sendo sua taxa muito elevada entre 25-35 ° C. Também depende da concentração de oxigênio e aumenta com o aumento da concentração de oxigênio até 100%. No entanto, a respiração normal é independente da concentração de oxigênio. Na respiração normal, o substrato respiratório é a glicose, enquanto na fotorrespiração o ácido glicólico (composto de 2 carbonos) serve como substrato.

As características de diagnóstico da fotorrespiração são as seguintes:

  • O substrato respiratório é glicolato, um composto de 2 carbonos.
  • O substrato é sempre formado recentemente.
  • Todo o processo de fotorrespiração ocorre entre o cloroplasto, o citoplasma, o peroxissomo e as mitocôndrias.
  • Mostra uma correlação positiva com O2 concentração. O difosfato de ribulose reage com O2 para produzir uma molécula de ácido fosfoglicólico (PGA) com 3 carbonos e uma molécula de ácido fosfoglicólico com 2 carbonos.

RuDP + O2 → ácido fosfoglicérico + ácido fosfoglicólico

O ácido fosfoglicólico é imediatamente desfosforilado em glicolato. Este último entra no peroxissomo, onde o glicolato é catalisado para produzir glioxilato e H2O2.
O glioxilato é transmitido para a glicina, que também é obtida da serina.
A molécula de glicina entra na mitocôndria, onde perdem CO2 para formar serina. A serina se difunde no peroxissomo, onde é convertida em glicerato, que então entra no cloroplasto e no ciclo de Calvin para produzir açúcares.

  • Neste processo, as moléculas de ATP não são formadas.
  • A taxa de fotorrespiração é altamente acelerada entre 25 ° a 35 ° C.
  • Isso é encontrado apenas na presença de luz e apenas nas células verdes.

Questão 17.
O que você quer dizer com parasita total? Explique com exemplo.
Responder:
Nutrição Parasitária Total: É um tipo de nutrição em que a planta parasita depende totalmente da planta hospedeira para alimento e abrigo. Essas plantas não são verdes, por exemplo, Cuscuta orobanche. Os parasitas totais desenvolvem haustórios ou raízes sugadoras que vão para os feixes vasculares da planta hospedeira e absorvem a comida preparada e a água a partir daí.

Questão 18.
“CO2 é muito essencial para a produção de carboidratos pelas plantas. ” Prove esta afirmação descrevendo o experimento com o diagrama rotulado.
Ou,
Faça uma experiência para provar que o CO2 é necessário para o processo de fotossíntese.
Responder:
Experimente demonstrar que o CO2 é necessário para o processo de fotossíntese: pode ser demonstrado pelo experimento de Moll:

Método: Pegue um vaso de planta com folhas longas. Mantenha-o no escuro por 24 a 48 horas para torná-lo livre de amido. De manhã, antes do nascer do sol, introduza o ápice de uma folha (através de uma rolha fendida) numa garrafa de boca larga que foi deitada de lado sobre a mesa e na qual foi introduzido potassa cáustica.

Agora exponha o aparelho à luz solar por algum tempo. Em seguida, arrancar a folha e descolorir com álcool quente e testar com solução fraca de iodo. Verificou-se que a porção apical da folha que fica dentro da garrafa não dá a reação do amido, enquanto a porção fora da garrafa fica azul. Isso prova que o amido é formado apenas nas partes que recebem CO2.

Questão 19.
Escreva uma nota curta sobre nutrição facultativa ou semiparasitária.
Responder:
Nutrição facultativa ou semiparasitária: O tipo de nutrição em que a planta pode se tornar parasita sob certas condições é chamado de nutrição facultativa. Essas plantas parasitas possuem clorofila e, portanto, sintetizam seus alimentos orgânicos, mas dependem das plantas hospedeiras para suas necessidades de água e minerais.

Questão 20.
Escreva as diferenças entre a reação da luz e a reação da escuridão.
Responder:
Diferenças entre Reação à Luz e Reação Escura

Reação de luz Reação Sombria
1. Ocorre na presença de luz. Isso ocorre na ausência de luz.
2. Ocorre na parte grana do cloroplasto. Ocorre na parte do estroma do cloroplasto.
3. Fixação de CO2 não ocorrem. Fixação de CO2 ocorre.
4. Ocorre fotólise da água e O2 é produzido. Não ocorre fotólise da água.
5. Os produtos da reação de luz são ATP e NADPH2. O produto da reação escura é a glicose.
por exemplo. Loranthus, Visco etc.

Questão 21.
O que são plantas CAM? Dê as características das plantas CAM e explique o mecanismo do ciclo CAM.
Responder:
Metabolismo do ácido crassuláceo ou ciclo CAM: O metabolismo do ácido crassuláceo ocorre em certas plantas suculentas da família Crassulaceae. Como eles apresentam um tipo especial de CO2 assimilação, eles são chamados de plantas CAM.

  • Crassulaceae (por exemplo, Sedum, Opuntia),
  • Cactaceae,
  • Chenopodiaceae,
  • Compositae,
  • Convolvulaceae,
  • Euphorbiaceae,
  • Caryofillaceae.

2. Família monocotiledônea:

3. Família pteridofítica: Polypodiaceae.
Características das plantas CAM: as plantas CAM exibem as seguintes características:

  • Normalmente os estômatos estão abertos durante a noite (escuro) e fechados durante o dia (claro)
  • CO2 a fixação ocorre durante o dia e o ácido málico é formado durante a noite.
  • O ácido málico é armazenado nos grandes vacúolos, que é a característica das células das plantas CAM.
  • À luz do dia, ocorre a descarboxilação do ácido málico e CO2 é formado, o qual é usado em C3 ciclo para produzir glicanos de armazenamento.

Ácido málico + NADP + → Ácido pirúvico + CO2 + NADPH2

  • No próximo período escuro, os glicanos de armazenamento são catabolizados através da glicólise e produzem PEP como CO2 molécula aceitadora.
  • Os estômatos permanecem fechados durante o dia e abertos à noite.
  • CO2 é corrigido por meio de. PEP-carboxilase inicialmente em OAA e depois em outros ácidos de 4 carbonos, isto é, ácido málico. Isso é chamado de escuro
  • CO2 fixação e é mais eficiente a 10-15 ° C.
  • Os vacúolos maiores são usados ​​para armazenar ácidos málico e outros ácidos em grandes quantidades.

Fotossíntese em plantas superiores Classe 11 Perguntas importantes Tipo de resposta longa

Questão 1.
Descreva a reação à luz do processo de fotossíntese.
Responder:
Reação de luz: Nesta reação ocorre a fotólise da água e a produção do poder redutor.
Nesta etapa, que ocorre na presença de luz solar e clorofila, ocorre a quebra das moléculas de água. O oxigênio escapa para o ar na forma molecular, enquanto o hidrogênio é aceito pelo dinucleotídeo fosfato de nicotinamida adenina (NADP). Todo o processo pode ser representado pela seguinte equação de resumo.

Esta parte do mecanismo fotossintético que ocorre na luz é conhecida como Light Reaction ou Hill Reaction, em homenagem a seu descobridor. Não apenas o agente redutor é produzido, mas alguma energia solar é armazenada como a energia química do NADPH2 (cerca de 18 moléculas de ATP).

De acordo com Robert Emmersion, a absorção de água na reação de luz ocorre por meio de dois sistemas de pigmento:

(a) Sistema de pigmento I: Este sistema de pigmento absorve apenas a luz de 680 nm de comprimento de onda da luz solar. O P700 ao absorver o fóton da luz expele dois elétrons, o P700 se oxida. O elétron expelido é captado pela ferredoxina. Eles transferem o elétron para o citocromo b6, que o fornece ao citocromo f. Eles transferem o elétron para a plastocianina. A partir daqui, é devolvido ao P700.

A síntese de ATP neste esquema de transporte cíclico de elétrons é possível em dois locais. A síntese de ATP pode ocorrer entre a ferredoxina e os citocromos bg e o outro quando o elétron viaja dos citocromos fg para a plastocianina.
Nesse caso, o elétron expelido por uma armadilha de clorofila excitada retorna à clorofila oxidada após passar por uma série de portadores de elétrons, portanto, esse processo também é denominado fotofosforilação cíclica.

(b) Sistema de pigmentos II: Este sistema de pigmentos absorve apenas a luz de comprimento de onda inferior a 680 nm de luz solar.
Neste processo, o pigmento clorofila-a673 fica excitado ao absorver 2 fótons de luz e emitir 2 elétrons. Em seguida, ele se move através de uma série de portadores de elétrons, alguns dos quais são plastoquinona, citocromo bg, citocromo fe plastocianina. Muito provavelmente, a energia para a síntese de ATP é distribuída entre o citocromo bg e o citocromo f. A plastocianina entrega o elétron ao P700.

Quando o sistema de pigmento II absorve luz, 24 moléculas de água se dissociam em íons H + e OH & # 8211.
24h2O → 24OH & # 8211 + 24H +

O íon OH & # 8211 deste vai para o sistema de pigmento II e é oxidado para reduzir para produzir água e oxigênio.

24 H + produzido por fotólise de água obtém elétrons da ferredoxina e reage com NADP para formar NADPH2.

24H + + 24e & # 8211 + 12NADP → 12NADPH2
Nessa transferência de elétrons, um ATP é formado ao se transferir do Cyt. bg para Cyt.f. É o processo normal de fotofosforilação em plantas superiores. O elétron expelido pela armadilha de clorofila excitada nunca é devolvido à mesma clorofila. Portanto, este processo também é denominado como fosforilação acíclica.

Desta forma, em seis ciclos completos de fosforilação cíclica, 12ATP são formados e em seis ciclos completos de fosforilação acíclica, 6ATP e 12NADPH2 são formados. Considerando que em uma fosforilação acíclica 2NADPH2 são formados e 24H2O dissociates. Portanto, ambos os sistemas de reação de luz juntos produzem 18ATP e 12NADPH2 moléculas.
Ambas as reações ocorrem em reação à luz simultaneamente. Para completar o processo de fotossíntese, ambos os sistemas de pigmento são essenciais.

Questão 2.
Explique a reação escura do processo de fotossíntese resumidamente.
Ou,
O que é o ciclo de Calvin? Descreva em poucas palavras.
Responder:
Reação escura ou reação de Blackman ou fase de biossíntese ou ciclo de Calvin: A reação não fotoquímica ou reação escura da fotossíntese foi primeiramente estabelecida por Blackman (1905). As reações da fase escura da fotossíntese ocorrem no estroma do cloroplasto. Nesta fase, o dióxido de carbono é convertido em carboidrato por meio de uma série de reações catalisadas por enzimas.

O caminho do carbono na fotossíntese é popularmente chamado de ciclo de Calvin ou C3 ciclo. Por este grande trabalho, Calvin recebeu o prêmio Noble em 1961. Este ciclo também é chamado de ciclo de Bassham e Calvin, reação de Blackman, assimilação de carbono, caminho do carbono na fotossíntese etc.

O processo pode ser representado pela seguinte reação:

A maioria dos compostos intermediários do ciclo de Calvin são compostos de 3 carbonos. Portanto, este ciclo também é chamado de C3 ciclo.
O ciclo de Calvin pode ser explicado seguindo duas etapas:

1. Síntese de carboidratos: 6 moléculas de CO2 são inicialmente aceitos por 6 moléculas de Ribulose-1, 5-difosfato e forma um composto instável que logo se quebra em 12 moléculas de composto de 3 carbonos chamado de ácido fosfoglicérico. O ácido fosfoglicérico é então reduzido a 12 moléculas de fosfogliceraldeído por 12 moléculas de NADPH2. 5 moléculas de 12 moléculas de fosfogliceraldeído se convertem em fosfato de diidroxiacetona.

Agora o fosfato de diidroxiacetona reage com 3 moléculas de fosfogliceraldeído para formar Frutose-1, 6-difosfato. Uma molécula dele se converte em Frutose-6-fosfato, que se converte em glicose ou amido.

2. Regeneração do difosfato de ribulose: A regeneração do difosfato de ribulose-1, 5 é essencial para continuar o processo de fotossíntese. O fosfato de frutose 6 e o ​​fosfogliceraldeído combinam-se e se dividem no composto eritrose-4-fosfato de 4 carbonos e no composto xilulose-5-fosfato de 5 carbonos.

O primeiro se combina com uma molécula de fosfato de dihidroxiacetona para formar sedoheptulose-1,7-difosfato do qual um fosfato é removido para formar sedoheptulose-7-fosfato. Este último e o fosfogliceraldeído combinam-se para produzir uma molécula de cada um de xilulose-5-fosfato e ribulose-5-fosfato. Ambos os compostos são convertidos em ribulose-5-fosfato que, por fim, forma ribulose-1,5-difosfato usando ATP, que é obtido a partir do processo de fotofosforilação.

Questão 3.
Escreva um pequeno ensaio sobre fotossíntese bacteriana.
Responder:
Fotossíntese bacteriana: As bactérias fotossintéticas anaeróbicas podem ser bastonetes, cocos ou espirila, dependendo de sua coloração. Eles são conhecidos como bactérias verdes ou roxas. Eles usam a luz do sol como fonte de energia para a fotossíntese, mas, como outras células eucarióticas, não & # 8216dividem a água & # 8217 para transferir a energia ou obter potência redutora. Assim, nenhum oxigênio é desenvolvido por eles. Este processo é, portanto, denominado fotossíntese anoxigênica (sem produção de oxigênio).

No lugar da água, essas bactérias obtêm poder redutor de sulfeto de hidrogênio, tiossulfato, hidrogênio ou mesmo algum composto orgânico. Eles possuem um pigmento chamado bacterioclorofila, que é diferente do pigmento clorofila encontrado nas plantas superiores. Isso pode ser resumido da seguinte forma:

Existem três tipos de bactérias fotossintéticas:

  1. Bactérias verdes sulfurosas: contêm clorofila bacteriana. Essas bactérias são encontradas em meio H2S. Na presença de luz, eles reduzem o CO2 A reação é exergônica.

    Exemplo: clorobactérias, cloróbio.
  2. Bactéria roxa de enxofre: a bacterioclorofila é encontrada. Eles podem sobreviver como heterótrofos em compostos orgânicos na ausência de compostos de enxofre inorgânicos.

    Exemplo: cromático.
  3. Bactérias roxas sem enxofre: essas bactérias usam compostos orgânicos simples, como álcool, ácido orgânico, etc.

    Como essas bactérias usam luz visível, são também chamadas de foto-autotróficas.

Questão 4.
Escreva as diferenças entre fotorrespiração, respiração verdadeira e fotossíntese.
Responder:
Diferenças entre fotorrespiração, respiração verdadeira e fotossíntese

Questão 5.
Explique o princípio do fator limitante de Blackman.
Responder:
De acordo com o princípio de fator limitante de Blackman: quando um processo fisiológico é condicionado por vários fatores, a taxa do processo fisiológico é limitada pelo fator encontrado em menor quantidade.
Por exemplo, o processo de fotossíntese é condicionado por muitos fatores como CO2, água, luz etc. Se a concentração de CO2 é o mínimo, então a taxa de fotossíntese aumenta com o aumento na quantidade de CO2. Como o CO2 o fornecimento aumenta gradualmente, algum outro fator torna-se um fator limitante, ou seja, em tal condição, o aumento da quantidade de CO2 não ajuda a aumentar a taxa de fotossíntese.

O princípio foi explicado por Blackman da seguinte forma:

Suponha que uma folha seja exposta a tal intensidade de luz que pode permitir que a folha utilize 5 mg de CO2 por hora na fotossíntese. Se 1 mg de CO2 entra na folha em uma hora, a taxa de fotossíntese é limitada devido ao CO2 fator. Se a concentração do CO2 é aumentada de 1 para 5mg por hora, a taxa de fotossíntese também aumenta ao longo da linha AC. Assim, o aumento da taxa fotossintética será proporcional ao aumento do CO2 concentração de até 5mg. Qualquer novo aumento no CO2 a concentração não terá efeito sobre a taxa de fotossíntese, que se tornou constante ao longo da linha CD. É porque o fator de luz (baixa intensidade) agora se tornou o fator limitante.

Agora, a taxa de fotossíntese aumentará ainda mais ao longo da linha CE apenas se a intensidade da luz também for aumentada de baixa para média. No ponto E, a intensidade de luz média novamente se torna o fator limitante e a taxa de fotossíntese será novamente- Fig. A representação gráfica de Blackman „'S vem constante ao longo da linha EF. Da mesma forma, a lei do fator limitante, quando a intensidade da luz é aumentada de média para alta, um aumento na taxa de fotossíntese ocorre ao longo do EG pela adição de CO2. Quando a taxa atinge o máximo em G, aumente ainda mais o CO2 não aumentará a taxa de fotossíntese que se torna constante ao longo da linha GH. Aqui, a maior intensidade de luz torna-se novamente um fator limitante.

Assim, é bastante evidente a partir da ilustração acima que a taxa de fotossíntese não pode ser aumentada aumentando apenas um fator. O outro fator também deve ser aumentado na proporção adequada para um efeito favorável. Além de CO2 e luz, outros fatores como temperatura, água, etc. também podem se tornar limitantes sob certas condições.

Fotossíntese em Plantas Superiores Classe 11 Questões Importantes Tipo de Objetivo

1. Escolha as respostas corretas:

Questão 1.
Qual método foi usado por Calvin para explicar o caminho da fotossíntese:
(a) Cromatografia
(b) Eletroforese
(c) Espectrofotometria
(d) Histoquímica.
Responder:
(a) Cromatografia

Questão 2.
O comprimento de onda de luz eficaz mais alto para a fotossíntese é de qual cor:
(um verde
(b) Amarelo
(c) Vermelho
(d) Violeta.
Responder:
(c) Vermelho

Questão 3.
A reação da luz ocorre em:
(a) Estroma
(b) Grana
(c) Membrana de Cloroplasto
(d) Retículo endoplasmático.
Responder:
(b) Grana

Questão 4.
Após a absorção da radiação pelos elétrons do sistema de pigmento I são emitidos por:
(a) Clorofila-683
(b) Clorofila-673
(c) Clorofila-695
(d) P-700.
Responder:
(d) P-700.

Questão 5.
A primeira etapa da fotossíntese é:
(a) Síntese de ATP
(b) Excitação de clorofila e emissão de elétrons
(c) Fotólise de água
(d) Liberação de oxigênio.
Responder:
(b) Excitação de clorofila e emissão de elétrons

Questão 6.
Fotofosforilação é o método no qual:
(a) O ácido aspártico é formado
(b) CO2 e H2Ó combinar
(c) A energia da luz se converte em energia química
(d) PGA é formado.
Responder:
(c) A energia da luz se converte em energia química

Questão 7.
A taxa de fotossíntese depende de:
(a) Fotoperíodo
(b) Intensidade de luz
(c) Qualidade da luz
(d) Temperatura.
Responder:
(a) Fotoperíodo

Questão 8.
CO2 aceitador de C3 ciclo é:
(a) Fosfogliceraldeído
(b) difosfato de ribulose
(c) Ácido fosfoglicérico
(d) Ácido pirúvico.
Responder:
(c) Ácido fosfoglicérico

Questão 9.
C4 o ciclo de fotossíntese está ausente em:
(a) Zea mays
(b) Triticum vulgare
(c) Oryza sativa
(d) Euphorbia.
Responder:
(d) Euphorbia.

Questão 10.
Durante a fotossíntese:
(a) Redução de água e oxidação de CO2
(b) Redução de CO2 e oxidação da água
(c) Oxidação de ambos CO2 e H2O
(d) Redução de ambos CO2 e H2O.
Responder:
(b) Redução de CO2 e oxidação da água

Questão 11.
O aceitador de elétrons necessário para fotofosforilação e fosforilação oxidativa é:
(a) O2
(b) CO2
(c) Citocromo
(d) Água.
Responder:
(c) Citocromo

Questão 12.
Primeiro composto estável de C3 planta durante a fotossíntese é:
(a) PGA
(b) Amido
(c) ácido pirúvico
(d) Difosfato de ribulose.
Responder:
(a) PGA

Questão 13.
O produto da fotofosforilação é:
(a) NADP
(b) ADP de ATP
(c) ATP da ADP
(d) PGA.
Responder:
(c) ATP da ADP

Questão 14.
Aceitador de COz de C3 ciclo é:
(a) RuDP
(b) PGA
(c) OAA
(d) PEPA.
Responder:
(a) RuDP

Questão 15.
A anatomia Kranze é encontrada nas folhas de:
(a) C2 plantas
(b) C3 plantas
(c) C4 plantas
(d) Plantas carnais.
Responder:
(c) C4 plantas

Questão 16.
Aceitador de CO 2 de C4 ciclo é:
(a) PEP
(b) RuDP
(c) PGA
(d) OAA.
Responder:
(a) PEP

Questão 17.
A energia solar se converte em energia química em cujo processo:
(a) Digestão
(b) Respiração
(c) Transpiração
(d) Fotossíntese.
Responder:
(d) Fotossíntese.

Questão 18.
NADP é reduzido a NADPH2 no decorrer :
(a) Fotofosforilação cíclica
(b) Fotofosforilação acíclica
(c) Ciclo de Calvino
(d) PS & # 8211 I.
Responder:
(b) Fotofosforilação acíclica

Questão 19.
No sistema de pigmento-il:
(a) Fixação de CO2 ocorre
(b) Redução de CO2 ocorre
(c) Ocorre decomposição da água
(d) Tudo isso.
Responder:
(c) Ocorre decomposição da água

Questão 20.
Cada planta verde que faz fotossíntese tem:
(a) Clorofila-a
(b) Clorofil1b
(c) Clorofila-c
(d) Clorofila-d.
Responder:
(a) Clorofila-a

Questão 21.
A fotorrespiração é a qualidade especial dessas plantas:
(a) C3 plantas
(b) C4 plantas
(c) Plantas CAM
(d) Nenhum destes.
Responder:
(a) C3 plantas

Questão 22.
na fotorrespiração, o primeiro processo é:
(a) Carboxilação
(b) Descarboxilação
(c) Oxigenação
(d) Fosforilação.
Responder:
(c) Oxigenação

Questão 23.
Na fotorrespiração, o glicolato é alterado para CO2 e serina aminoácido em:
(a) Chioroplasto
(b) Peroxisorne
(c) ambos (a) e (b)
(d) Mitocôndrias.
Responder:
(d) Mitocôndrias.

Questão 24.
O produto final da fotossíntese é:
(a) CO2 e ° 2
(b) Carboidratos
(c) CO2 e carboidratos
(d) CO2 e amido.
Responder:
(b) Carboidratos

Questão 25.
O princípio do fator limitante foi proposto por:
(a) Blackman
(b) Arnon
(c) Viver
(d) Escotilha e folga.
Responder:
(a) Blackman

1. Na fotorrespiração, a formação de glicina a partir do ácido glicólico é feita em & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230. .
Responder:
Peroxissomo,

2. A fotorrespiração também é chamada de & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230. metabolismo.
Responder:
Glicolato

3. O processo de ingestão ou síntese de material alimentar é denominado & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230. .
Responder:
Nutrição

4. O difosfato de ribose funciona em alta concentração de & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230. como oxigenado.
Responder:
Oxigenase

6. No sistema de pigmento I & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230. ocorre fotofosforilação.
Responder:
Cíclico

9. O pigmento principal necessário para a fotossíntese é & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230. .
Responder:
Clorofila

Coluna ‘A’ Coluna ‘B’
1. Metabolismo do glicolato (a) Clorofila verde
2. Halófita (b) C4
3. Clorofila (c) Fotorrespiração
4. Escotilha e folga (d) Plantas que precisam de luz
5. Fotossíntese (e) Simbionte
6. Líquen (f) Autotrófico.

Responder:
1. (c) Fotorrespiração
2. (d) Plantas que precisam de luz
3(a) Clorofila verde
4. (b) C4
5. (f) Autotrófico.
6. (e) Simbionte

Coluna ‘A’ Coluna ‘B’
1. PEP (a) C3 ciclo
2. Amon (b) queda vermelha
3. Blackman (c) C4 ciclo
4. Calvin e Benson (d) Fotofosforilação
5. Robert Emerson (e) Princípio do fator limitante.

Responder:
1. (c) C4 ciclo
2. (d) Fotofosforilação
3. (e) Princípio do fator limitante.
4. (a) C3 ciclo
5. (b) Queda vermelha

1. Onde ocorre a reação da luz no cloroplasto?
Responder:
Grana

2. Qual é a principal fonte de oxigênio desenvolvida durante a fotossíntese?
Responder:
Água

3. Escreva os nomes dos produtos finais da reação à luz.
Responder:
ATP e NADPH2

4. Dê a fórmula química da clorofila.
Responder:
C55H72O35N4Mg

5. Nomeie o elemento encontrado no meio da molécula de clorofila.
Responder:
Magnésio

6. Cite as matérias-primas do processo de fotossíntese.
Responder:
CO2, água, clorofila, luz

7. Qual cor de luz apresenta maior taxa de fotossíntese?
Responder:
luz vermelha

8. Onde ocorre o processo de fotossíntese.
Responder:
Cloroplasto

9. Nomeie o primeiro produto do C3 ciclo.
Responder:
Ácido fosfoglicérico (PGA)

10. Cite os pigmentos fotossintéticos encontrados nas bactérias.
Responder:
Bacterioclorofila, Bacterioviridina, carotenóides

11. Cite uma enzima encontrada nas células C4 plantas.
Responder:
Fosfoenol-piruvato carboxilase

12. Escreva o nome completo do CAM.
Responder:
Metabolismo do ácido crassuláceo.


Nutrição em plantas

1. INTRODUÇÃO
Em nossas aulas anteriores, aprendemos sobre coisas vivas e não vivas. Embora existam muitas diferenças, um organismo vivo apresenta sete características básicas que o diferenciam de um não vivo. Essas características são chamadas de características de vida, porque juntas garantem que um organismo continue a viver.

Neste capítulo, aprenderemos sobre nutrição, mais especificamente nutrição em plantas. Mas o que significa o termo nutrição? Antes, sabendo disso, vamos saber o que é comida.
Qualquer substância que pode ser decomposta por processos químicos no corpo de um organismo para fornecer energia é chamada de alimento
A comida dá energia para realizar muitas atividades como estudar, brincar, conversar, desenhar, etc.

2. Nutrição
Todo o processo de ingestão de alimentos e bebidas por organismos vivos e de usá-los com o propósito de crescimento e atividades diárias é denominado Nutrição.
Existem dois modos principais de nutrição:

(b) Nutrição heterotrófica.
Nutrição Autotrófica
Vimos animais e humanos comendo alimentos. Obtemos energia dos alimentos que comemos. Que tal plantas?
Eles não podem cozinhar comida, nem podem ir para lugares diferentes, como animais em busca de comida.
Como então eles estão preparando comida?
Fotossíntese
As plantas verdes realmente fazem seus próprios alimentos por meio de um processo chamado fotossíntese (foto, síntese de luz, para montar). O modo de nutrição pelo qual um organismo vivo faz seu próprio alimento é chamado nutrição autotrófica. Os organismos que são capazes de sintetizar seus próprios alimentos são denominados autótrofos (auto, autotrófico, nutrição).

O termo fotossíntese foi cunhado por Charles Reid Barnes em 1883.

É um processo no qual o dióxido de carbono da atmosfera é absorvido pelas folhas. A água absorvida pelas raízes reage com o dióxido de carbono na presença da luz solar para produzir amido e oxigênio. O amido é armazenado em várias partes da planta e o oxigênio é liberado na atmosfera.

A reação que ocorre pode ser escrita como:

Carbono & # 160 dióxido & # 160 + & # 160 Água & # 160 & # 8594 e & # 160 clorofila luz solar & # 160 Amido & # 160 + & # 160 Oxigênio

Assim, a fotossíntese pode ser definida como:

O processo de usar a energia da luz solar para converter água e dióxido de carbono em carboidratos (amido) e oxigênio é denominado Fotossíntese.
Fotossíntese - Condições Necessárias

i) Clorofila
É um pigmento verde presente nas estruturas denominadas cloroplastos de folhas em uma planta.

Observação:
Uma substância que ocorre naturalmente e que dá uma cor específica a uma planta ou parte de um animal é chamada de pigmento. Em média, existem cerca de 500.000 cloroplastos por milímetro quadrado de uma folha.
ii) luz solar
É a fonte de energia luminosa necessária para a fotossíntese. A clorofila retém a energia da luz para fazer partículas portadoras de energia.

iii) Dióxido de carbono
É obtido da atmosfera por meio de pequenas aberturas chamadas estômatos (singular: estoma) na parte inferior das folhas.

iv) Água
Este é outro requisito importante para a fotossíntese. O sistema radicular das plantas permite-lhes obter água do solo.

Fatores que afetam a fotossíntese
Os seguintes fatores afetam a taxa de fotossíntese:
1. Intensidade da luz: A fotossíntese aumenta com o aumento da intensidade da luz, até certo ponto.
2. Disponibilidade de dióxido de carbono: A fotossíntese aumenta com o aumento da concentração de dióxido de carbono.
3. Temperatura: Até um determinado valor de temperatura, a taxa aumenta com o aumento da temperatura. Este valor varia geralmente entre 20 ° a 35 ° C.
4. Disponibilidade de água: Menor disponibilidade de água reduz a fotossíntese por meio do fechamento dos estômatos.
5. Íons minerais inorgânicos: Uma planta verde desidratada (uma planta da qual toda a água foi removida) consiste em quatro elementos & # 8211 carbono, hidrogênio, oxigênio e nitrogênio. Esses elementos consistem em cerca de 96% do peso seco total da planta combinados na forma de compostos orgânicos (proteínas, carboidratos, gorduras etc.).
Os 4% restantes do peso seco da planta verde consiste nos seguintes elementos químicos na forma de compostos inorgânicos & # 8211 enxofre, fósforo, cálcio, ferro, magnésio, potássio, cloro, alumínio, boro, manganês, cobre, zinco e cloro . Esses elementos são obtidos da água do solo, absorvidos pelo sistema radicular como íons. Cada um dos íons inorgânicos tem funções diferentes no processo de fotossíntese.
Alguns dos elementos são necessários em quantidades maiores (chamados macronutrientes) enquanto outros são necessários em quantidades menores (chamados micronutrientes ou nutrientes residuais).
Macronutrientes: Carbono, hidrogênio, oxigênio, nitrogênio, fósforo, enxofre, potássio, cálcio, ferro e magnésio.
Micronutrientes: Cobre, zinco, boro, manganês e molibdênio.

DOENÇAS DEFICIÊNCIA DE ALGUNS NUTRIENTES
Nutriente Doença de deficiência
1. Nitrogênio
2. Cálcio
3. Ferro
4. Magnésio
5. Fósforo
Clorose - amarelecimento das folhas
Forma anormal da folha, plantas atrofiadas
Clorose de folhas jovens
Clorose de folhas mais velhas
Fraco crescimento da planta

3. Transporte de Materiais
Existem dois aspectos do transporte nas fábricas:
(i) Movimento de água e minerais das raízes para cima para outras partes da planta, e
(ii) Movimento de material alimentar sintetizado nas folhas para outras partes da planta. O movimento ascendente de água e minerais ocorre através de canais, chamados xilema elementos, presentes nas raízes, caule e folhas das plantas.
O alimento preparado na forma solúvel é transportado por outro canal, denominado floema, das folhas para todas as outras partes do corpo.
Demonstração do movimento ascendente da água
Pegue um galho cortado da planta balsum e mergulhe-o em um corante diluído de cor vermelha, eosina ou safranina. Deixe por algum tempo.
Em seguida, pegue seções de diferentes partes da haste, começando na região da ponta. Você observará corante vermelho na região do xilema (Figura).

Demonstração do Transporte de Material Alimentar

Isso é facilmente demonstrado por um experimento comumente conhecido como & # 8216 experimento de cintagem & # 8217. O anelamento do caule remove o tecido do floema (Figura). Se um caule for cingido, o movimento para baixo e para cima do material alimentar fica bloqueado. Assim, a porção do tronco apresenta inchaço na área devido ao acúmulo de material alimentar.

4. Nutrição heterotrófica
A maioria das plantas da Terra são verdes. Mas há certas plantas que não contêm clorofila, nem nas folhas nem em nenhuma outra parte. Essas plantas, chamadas plantas não verdes, são incapazes de preparar sua própria comida. Essas plantas dependem de plantas verdes ou de outros corpos vivos para sua nutrição.
O modo de nutrição no qual os organismos não podem fabricar alimentos e dependem de outras plantas e animais para obter energia é denominado nutrição heterotrófica.
Os organismos que têm modo de nutrição heterotrófico são chamados heterotróficos [heteron, (um) outro troféu, nutrição]. De acordo com o modo de nutrição, as plantas heterotróficas são dos seguintes tipos:

EU. Plantas parasitas
As plantas parasitas são aquelas que absorvem alimentos de outra planta verde em crescimento, chamada de hospedeiro. Normalmente, as plantas parasitas desenvolvem raízes especiais que penetram nos tecidos da planta hospedeira. O alimento preparado geralmente é absorvido pela raiz ou pelo caule da planta hospedeira.
Visco tem folhas verdes e coriáceas, de modo que podem fazer sua própria comida. Mas eles dependem do hospedeiro para minerais e água.


Cuscuta(Dodder) tem uma raiz curta e uma haste longa semelhante a um fio. Ele se enrosca ao redor do caule do hospedeiro e envia galhos ao redor dos caules vizinhos, dando a aparência de uma massa de macarrão ou espaguete.

Um fato interessante
Uma planta parasita, Rafflesia, carrega a maior flor do mundo. As flores têm cinco pétalas, podem ter diâmetro de até 106 cm e pesar até 10 kg. Em uma relação parasitária, apenas a planta parasita se beneficia.

Um parasita causa algum dano à planta hospedeira?
As plantas parasitas prejudicam a planta hospedeira. Dodder e visco são problemas graves para as plantas. Dodder pode cobrir plantas lenhosas e causar grandes danos a certas culturas economicamente importantes.
O visco pode se tornar tão abundante em uma árvore que a maioria dos folhagem é do parasita e não do hospedeiro.
Isso significa que a planta hospedeira é lentamente morta pelo parasita?
Os cientistas acreditam que as plantas parasitas raramente, talvez nunca, matam a planta hospedeira, para que o parasita possa continuar a viver do hospedeiro.

II. Plantas Saprofíticas

As plantas saprofíticas são geralmente esbranquiçadas, mas podem ter flores de cores vivas. Estas plantas não têm folhas verdes, muitas vezes nem sequer têm folhas. Então, como as plantas saprofíticas gerenciam sua nutrição? Plantas saprofíticas são plantas que vivem de material em decomposição (saprós, fitonamento em decomposição, planta). Eles crescem em locais com muitas folhas mortas apodrecendo, muitas vezes em sombras profundas em florestas tropicais. Alguns exemplos são Indian Pipe e raiz de coral.

Cachimbo Indiano é comumente encontrada na Ásia e em toda a América do Norte. Raízes de coral são encontrados em ambientes florestais em todo o mundo. As raízes dos saprófitas contêm organismos vivos chamados fungos. Os fungos são capazes de digerir matéria morta e em decomposição. Os fungos produzem sucos digestivos que convertem a matéria morta e em decomposição em açúcar que pode ser usado como alimento por essas plantas. Fungos também são chamados saprotróficos.

Ponto Interessante
De acordo com o último sistema de classificação de organismos, os fungos não são mais considerados no reino vegetal. É colocado em um reino separado - Reino Fungi.

Cogumelos e cogumelos são os exemplos mais comuns de fungos.

III. Plantas insetívoras
Essas plantas geralmente são verdes para que possam fazer seus próprios alimentos. No entanto, o solo em que crescem às vezes é deficiente em certos nutrientes, especialmente nitrogênio. Portanto, essas plantas precisam obter esses nutrientes de fontes externas.
Plantas insetívoras são plantas que obtêm alguns ou a maioria de seus nutrientes ao capturar e consumir animais, principalmente insetos.


Exemplos
i) no jarro , a folha é modificada para formar uma estrutura tubular semelhante a um jarro. O interior do jarro é forrado com fios de cabelo apontando para baixo. Esses pelos não permitem que nenhum inseto volte a subir e escapar. O líquido no fundo da jarra contém sucos digestivos que digerem o inseto.
ii) As folhas delgadas de bexigas carregam um grande número de bexigas muito pequenas em forma de pêra. Isso abre um alçapão e a presa é sugada em um milésimo de segundo.
iii) As folhas de sundew (Drosera) têm tentáculos com gotas de uma substância pegajosa chamada mucilagem nas extremidades dos insetos que ficam presos nessa substância e se enredam. O inseto indefeso é então digerido.
iv) A armadilha do planta carnívora é uma folha altamente modificada. Na superfície interna (avermelhada aqui para atrair insetos) existem pelos curtos e duros. Quando alguma coisa toca esses fios de cabelo, os dois lóbulos das folhas se fecham em menos de um segundo.
4. Plantas simbióticas
Existem certas plantas que vivem em associação com outras espécies e compartilham seus recursos alimentares.
Ambos os tipos se ganham mutuamente. Essas plantas são chamadas de plantas simbióticas e a relação é chamada de simbiose. Um bom exemplo são os líquenes.

• Líquenes são uma associação entre um fungo e uma planta microscópica - algas verdes. O fungo obtém nutrientes das algas e, por sua vez, fornece abrigo às algas, para que possam crescer em condições adversas, como superfícies rochosas, onde, de outra forma, não sobreviveriam.

• As raízes de certas plantas, como as ervilhas, contêm bactérias chamadas rizóbio. Ele converte o nitrogênio atmosférico em formas utilizáveis ​​em plantas, por exemplo, amônia. A planta, por sua vez, fornece nutrientes para o crescimento da bactéria.

Reposição de nutrientes no solo
As plantas utilizam os nutrientes minerais, especialmente o nitrogênio presente no solo, para seu crescimento. Como resultado, ocorre um esgotamento do nitrogênio no solo ao longo do tempo. O estrume contém muito nitrogênio, além do potássio e do fósforo. Isso é necessário para a planta para um crescimento saudável.


1) Qual é o papel dos estômatos, clorofila e luz solar na fotossíntese 2) Explique quaisquer 4 singularidades da fotossíntese 3) Liste quaisquer 4 diferenças entre fotossíntese e respiração.4) O que são plantas insetívoras? Dê exemplos de duas plantas insetívoras e explique suas adaptações para a captura de insetos. 5) Descreva um experimento para provar que o oxigênio é liberado durante a fotossíntese.

1) - A energia da luz é absorvida pela clorofila, um pigmento fotossintético da planta, enquanto o ar contendo dióxido de carbono e oxigênio entra na planta através dos estômatos das folhas. Um subproduto extremamente importante da fotossíntese é o oxigênio, do qual a maioria dos organismos dependem

2) - Significado da fotossíntese-

• A fotossíntese é um processo fisiológico que atua como força motriz e vital para obter alimento e combustível para todos os organismos não fotossintéticos do universo.

• Orgânicos (carboidratos) obtidos por fotossíntese são usados ​​basicamente para sintetizar gorduras, proteínas, nucleoproteínas, pigmentos, enzimas, vitaminas, celulose, ácidos orgânicos etc.

• Os carboidratos sintetizados durante a reação no escuro da fotossíntese tornam-se partes estruturais dos organismos.

• No processo, a energia solar é convertida em energia química, utilizando matérias-primas simples como CO2 e H2O.

3) - Respiração de fotossíntese

Acontece apenas na presença de luz solar. Continua dia e noite, no sol e na escuridão.

Ocorre apenas nas células verdes da planta. Ocorre em todas as células de um organismo.

É uma reação endotérmica, pois absorve a luz solar. É uma reação exotérmica, pois emite energia.

Ele utiliza dióxido de carbono e água. Ele desenvolve dióxido de carbono e água.

Ele acumula compostos complexos, como carboidratos, a partir de compostos inorgânicos simples. Portanto, é um processo anabólico. Ele quebra substâncias complexas em substâncias simples. Portanto, é um processo catbólico.

Ele converte a energia da luz em energia química. Ele libera energia potencial ou química que é usada de várias maneiras no corpo.

4) - Essas plantas crescem em áreas úmidas, onde há abundância de luz solar e umidade. Eles são encontrados no solo deficiente em nitrogênio. É por isso que prendem e digerem insetos para absorver nutrientes. A mosca-vênus, a planta do jarro e o lírio-cobra são alguns dos nomes das plantas insetívoras.

5)- Um copo é enchido com água e galhos de Hydrilla são inseridos no funil de forma que as pontas cortadas fiquem no tubo do funil e o funil seja colocado na água. . As bolhas de ar da planta se acumulam na ponta do tubo. Este experimento demonstra que o oxigênio se desenvolve durante a fotossíntese.

Peuzzz foeueuoC me....

nd peuzzzzzz mumark eut umas brumaeuneueuest...!!!


O processo de fotossíntese ocorre em plantas insetívoras? - Biologia

Na verdade, as plantas carnívoras obtêm sua energia da fotossíntese, assim como as outras plantas. Como você provavelmente sabe, na fotossíntese as plantas usam a energia da luz para fazer açúcar a partir do dióxido de carbono e da água. O oxigênio é um resíduo. As plantas produzem outras moléculas do açúcar, como amido para armazenamento de energia ou celulose para estrutura.

Eles usam os insetos para obter nutrientes como nitrogênio e fósforo. Esses átomos são os blocos de construção das proteínas e outras moléculas. As plantas decompõem os insetos usando enzimas, ácidos e até mesmo pequenos ajudantes bacterianos. É assim que quebramos nossa comida em nosso sistema digestivo. Em seguida, eles absorvem as moléculas decompostas de suas presas.

As plantas carnívoras crescem em locais onde não há muitos nutrientes no solo. As bactérias do solo geralmente ajudam a decompor plantas e animais mortos em moléculas que outras plantas podem usar como fertilizante. Em lugares arenosos não há muito "material morto" no solo. As armadilhas para mosca Vênus funcionam bem em solo arenoso. Eu moro em Wisconsin, onde temos pântanos que são muito ácidos. As bactérias não crescem bem em água ácida, então quando as plantas morrem, elas não se decompõem rapidamente. Jarros e orvalho do sol crescem nos pântanos.

Por que outras plantas não evoluem para carnívoros? Bem, custa às plantas muita energia para fazer armadilhas, enzimas e ácidos. Se houver nutrientes suficientes no solo, é melhor a planta investir energia na reprodução e em outras coisas.

Se você fosse uma planta carnívora, como atrairia insetos para suas armadilhas?

Se perguntas como essa lhe interessam, você pode estudar ecologia de plantas.

Esta é uma grande pergunta! A maioria das plantas obtém sua energia por meio da fotossíntese, o que significa que elas só precisam dos gases do ar, da água do solo e de um pouco de luz solar, então por que as armadilhas de vênus comem insetos? Bem, acontece que as armadilhas da Vênus obtêm uma boa quantidade de energia da mesma forma que outras plantas, por meio da fotossíntese. Como você provavelmente sabe, durante a fotossíntese, as plantas usam a energia do sol para gerar uma reação que converte dióxido de carbono e água em açúcar e oxigênio. O açúcar produzido é então convertido em energia que as plantas usam para viver, crescer e se reproduzir. Mas, além do açúcar, as plantas também precisam de aminoácidos (proteínas), vitaminas e outros componentes celulares para sobreviver.

Então, de onde vêm essas coisas? Bem, as plantas obtêm a maior parte de suas proteínas (aminoácidos) do nitrogênio e do enxofre do solo. O fósforo do solo também é usado pelas plantas como fonte de energia. As plantas também absorvem magnésio, pois ajuda o funcionamento de suas enzimas. A sua mãe sempre lhe diz para beber leite para obter um pouco de cálcio? Bem, as plantas também precisam de cálcio, que também retiram da terra onde vivem. Finalmente, o potássio é uma vitamina essencial necessária às plantas, pois ajuda a regular o movimento da água para dentro e para fora da planta. A maioria das plantas pode extrair essas coisas do solo onde vivem, mas as armadilhas para moscas de Vênus nem sempre têm a mesma sorte.

As armadilhas para voar Vênus vêm de pântanos e pântanos onde o solo é muito ácido e os minerais e outros nutrientes são escassos. A grande maioria das plantas jamais sobreviveria em um ambiente como esse porque não obteriam do solo todas as vitaminas, nutrientes e fontes de energia de que precisam para crescer. Mas as Flytraps de Vênus evoluíram.

Especificamente, o Venus Flytrap evoluiu para prosperar exatamente nesses ambientes de baixo nutriente, encontrando outras maneiras de obter os nutrientes de que necessita. E é aí que os insetos entram. Os insetos fornecem uma grande fonte de nutrientes como nitrogênio, fósforo e carboidratos que estão faltando no solo no ambiente típico da armadilha-de-vênus.

Depois que um inseto pousa em uma armadilha de moscas de Vênus, a armadilha se contrai fortemente ao redor do inseto e a planta começa a secretar sucos digestivos, muito parecidos com os do seu estômago. Esses sucos digestivos dissolvem a parte interna macia do inseto, mas deixam a parte externa dura intacta. Ao final do processo digestivo, que leva de cinco a doze dias, a armadilha reabsorve o fluido digestivo que soltou e reabre, pronta para pegar outro inseto. A casca externa dura e restante do inseto agora digerido é levada pelo vento ou levada pela chuva.

Eles não querem. As armadilhas para mosca de Vênus e as plantas de jarro são verdes, plantas fotossintéticas que obtêm sua energia do sol como quase todas as outras plantas.

O que eles precisam dos animais é nitrogênio e fósforo, dois elementos que a maioria das plantas tira do solo, mas as plantas carnívoras vivem em solos tão pobres que esses elementos não estão disponíveis. Por essa razão, eles digerem animais usando enzimas da mesma forma que os animais carnívoros digerem outros animais, mas para essas plantas, o objetivo principal ao fazer isso é obter esses elementos necessários, ao invés da própria energia.


Afirmação e razão da fotossíntese | MCQs especiais AIIMS

Essas questões de afirmação e razão da fotossíntese consistem em duas afirmações cada, impressas como & # 8220 afirmação & # 8221 e & # 8220 razão & # 8220. Ao responder a essas perguntas, você deve escolher qualquer uma das seguintes respostas.
(1) Se A e R são verdadeiros e o R é uma explicação correta do A.
(2) Se A e R são verdadeiros, mas R não é a explicação correta de A
(3) Se A é verdadeiro, mas o R é falso.
(4) Se A e R forem falsos.

Q.11
UMA : Por hábito insetívoro. as plantas insetívoras suprem sua deficiência de nitrogênio.
R: As necessidades de nitrogênio das plantas insetívoras são satisfeitas por meio das proteínas dos insetos.
Mostre a resposta

Resposta correta: Opção 1)

Q.12
UMA : A fotossíntese bacteriana ocorre na presença de oxigênio.
R: Bactéria possui apenas PS-11
Mostre a resposta

Resposta correta: Opção (4)

Q.13
UMA : A queda vermelha ocorre acima da luz de 680 nm.
R: PS-II torna-se inativo acima de 680 nm de luz.
Mostre a resposta

Resposta correta: Opção 1)

Q.14
UMA : C4-plantas são mais eficientes do que C3& # 8211 plantas.
R: C4-plantas são plantas fotorrespiratórias.
Mostre a resposta

Resposta correta: Opção (3)

Q.15
UMA : A produção fotossintética diminui acima da luz de 680 nm.
R: PS-II inativa acima de 680 nm de comprimento de onda de luz.
Mostre a resposta

Resposta correta: Opção 1)

Q.16
UMA : A produção da reação escura é aumentada em altas concentrações de oxigênio.
R: Rubisco converte em PEPCase em alta conc. de oxigênio.
Mostre a resposta

Resposta correta: Opção (4)

Q.17
UMA : Bactérias fotossintéticas não liberam gás oxigênio na fotossíntese.
R: As bactérias fotossintéticas não absorvem a energia da luz.
Mostre a resposta

Resposta correta: Opção (3)

Q.18
UMA : Plantas CAM inicialmente, corrige CO2 durante a noite.
R: Eles superam a perda de água por esse processo, pois os estômatos se fecham durante o dia.
Mostre a resposta

Resposta correta: Opção 1)

Q.19
UMA : Leaf of Nepenthes é modificado em jarro para capturar insetos. R Nepenthes não tem clorofila & amp; não verde.
Fotossíntese
Mostre a resposta

Resposta correta: Opção (3)

Q.20
UMA : A fotorrespiração está ausente nas plantas Hatch e Slack.
R: Essas plantas carecem da enzima C3-ciclo.
Mostre a resposta

Resposta correta: Opção (3)

Embora todas as questões de Afirmação e Razão da Fotossíntese sejam verificadas por especialistas, caso detecte algum erro nesta página informe-nos, iremos atualizá-la imediatamente.
Reportar erro


Escolha a opção correta.

Questão 1.
Fungi é um
(a) parasita
(b) autotrófico
(c) saprotrófico
(d) insetívoro

Questão 2.
Os seres humanos podem ser categorizados como
(a) parasita
(b) heterótrofos
(c) saprotróficos
(d) autótrofos

Questão 3.
Os seres humanos obtêm comida de
(a) plantas
(b) animais
(c) nem (a) nem (b)
(d) ambos (a) e (b)

Questão 4.
Os parasitas obtêm sua comida de
(a) insetos
(b) plantas
(c) animais
(d) todos estes

Questão 5.
Qual parte da planta é chamada de fábrica de alimentos?
(a) Frutas
(b) Sementes
(c) Folhas
(d) Flores

Questão 6.
Os pigmentos verdes que estão presentes nas folhas são chamados
(a) hemoglobina
(b) globulina
(c) albumina
(d) clorofila

Questão 7.
Qual das seguintes é uma planta insetívora?
(a) Jarro
(b) Cuscuta
(c) Algas
(d) Líquenes

Questão 8.
Qual dos seguintes é um nutriente?
(a) Gorduras
(b) Vitaminas
(c) Proteínas
(d) Todos estes

Questão 9.
Os organismos que preparam seus próprios alimentos são conhecidos como
(a) saprotróficos
(b) autótrofos
(c) heterótrofos
(d) nenhum destes

Questão 10.
________ é essencial para todos os organismos vivos.
(a) Proteína
(b) Gordura
(c) Alimentos
(d) Nenhum destes

Questão 11.
A fotossíntese não ocorrerá nas folhas na ausência de
(a) células de guarda
(b) clorofila
(c) vacúolo
(d) espaço entre as células

Questão 12.
As matérias-primas utilizadas para a fotossíntese são:
(a) CO2, O2 H2
(b) CO2, agua
(c) N2, agua
(Faz2 agua

Questão 13.
O processo pelo qual as plantas verdes preparam seus próprios alimentos na presença da luz solar é chamado
(a) nutrição saprofítica
(b) fotossíntese
(c) nutrição celular
(d) nutrição

Questão 14.
A fonte final de energia é
(a) energia química
(b) energia eólica
(c) energia solar
(d) energia da água

Questão 15.
Qual dos seguintes é um autotrófico?
(a) Líquenes
(b) Algas
(c) Fungo
(d) Cuscuta

Questão 16.
Qual das seguintes afirmações é / estão corretas?
(i) Todas as plantas verdes podem preparar sua própria comida.
(ii) A maioria dos animais são autótrofos.
(iii) O dióxido de carbono não é necessário para a fotossíntese.
(iv) O oxigênio é liberado durante a fotossíntese.
Escolha a resposta correta entre as opções abaixo
(a) (i) e (iv)
(b) (ii) apenas
(c) (ii) e (iii)
(d) (i) e (ii)

Questão 17.
O jarro captura insetos porque
(a) é um heterotrófico
(b) cresce em solos que carecem de nitrogênio
(c) não tem clorofila
(d) tem um sistema digestivo como o dos seres humanos

Resposta: (b) cresce em solos que carecem de nitrogênio

Questão 18.
Levedura, cogumelo e molde de pão são
(a) autotrófico
(b) insetívoro
(c) saprofítico
(d) parasita

Questão 19.
Numerosas pequenas aberturas observadas sob a superfície inferior de uma folha através de uma lente de aumento são:
(a) estômatos
(b) lâmina
(c) nervura central
(d) veias

Questão 20.
Quando dois organismos são bons amigos e vivem juntos e se beneficiam. Essa associação de organismos é denominada como
(a) saprófita
(b) parasita
(c) autotrófico
(d) simbiose

Questão 1.
A energia solar é armazenada nas folhas com a ajuda de & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230

Questão 3.
Plantas e animais que dependem de outros para sua alimentação são chamados de & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230

Questão 4.
Os & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 auxiliam na abertura e fechamento dos estômatos.

Questão 5.
As plantas podem sintetizar componentes dos alimentos além dos carboidratos, como & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 e & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230.

Questão 6.
Em & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230, os organismos nutricionais preparam seus próprios alimentos.

Resposta: dióxido de carbono, oxigênio

Questão 8.
O alimento que é sintetizado pela planta é armazenado como & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230

Questão 9.
& # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 as plantas capturam insetos e se alimentam deles.

Questão 11.
Os organismos que fornecem nutrientes aos organismos parasitas são conhecidos como & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230

Questão 12.
& # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230. são os componentes dos alimentos essenciais para o crescimento e desenvolvimento de qualquer organismo.

Questão 13.
& # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 deriva nutrientes de outros organismos sem beneficiá-los.

Questão 14.
& # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 são minúsculos poros na superfície das folhas.

Questão 15.
& # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 é uma associação simbiótica entre uma alga e um fungo.

Questão 1.
As plantas verdes são autótrofas.

Questão 2.
O oxigênio não é liberado durante a fotossíntese.

Questão 3.
O fermento e os cogumelos são úteis para nós.

Questão 4.
O alimento é essencial para todos os organismos vivos.

Questão 5.
O sol é a fonte máxima de energia para todos os seres vivos.

Questão 6.
A célula é cercada por uma fina fronteira externa chamada citoplasma.

Questão 7.
Os minúsculos poros das folhas são chamados de estômatos.

Questão 8.
Certos fungos vivem em associação simbiótica com as raízes das árvores.

Questão 9.
Os heterótrofos preparam sua própria comida.

Questão 10.
Água e minerais são transportados para as folhas pelos vasos que correm como tubos por toda a planta.

Questão 11.
O processo pelo qual as plantas preparam seus próprios alimentos com a ajuda da luz solar é chamado de fotossíntese.

Questão 12.
Na ausência da fotossíntese, não haveria nenhum alimento.

Questão 13.
A energia solar é convertida em energia química durante a fotossíntese.

Questão 14.
A colheita requer muito carboidrato para produzir proteína.

Questão 15.
As plantas que não sejam verdes não contêm clorofila.

Coluna I Coluna II
1. Parasita (a) pigmento verde nas folhas
2. Autotróficos (b) proteínas, vitaminas, gorduras, etc.
3. Clorofila (c) preparar sua própria comida
4. Estomato (d) depende do host
5. Nutrientes (e) poros minúsculos nas folhas
6. Heterotróficos (f) fábrica de alimentos
7. Folhas (g) planta parasita
8. Saprotróficos (h) Rizóbio
9. Fixação de nitrogênio (i) depende de outro para alimentação
10. Dodder (j) matérias mortas e decadentes
Responder

Coluna I Coluna II
1. Parasita (d) depende do host
2. Autotróficos (c) preparar sua própria comida
3. Clorofila (a) pigmento verde nas folhas
4. Estomato (e) poros minúsculos nas folhas
5. Nutrientes (b) proteínas, vitaminas, gorduras, etc.
6. Heterotróficos (i) depende de outro para alimentação
7. Folhas (f) fábrica de alimentos
8. Saprotróficos (j) matérias mortas e decadentes
9. Fixação de nitrogênio (h) Rizóbio
10. Dodder (g) planta parasita

Espero que as informações fornecidas acima com relação às perguntas NCERT MCQ para a classe 7 de ciência, capítulo 1 Nutrição em plantas com respostas para download gratuito em PDF, tenham sido úteis até certo ponto. Se você tiver qualquer outra dúvida sobre as perguntas de múltipla escolha com respostas do CBSE Class 7 Science Nutrition in Plants MCQs, sinta-se à vontade para nos contatar para que possamos responder o mais rápido possível.


Perguntas e respostas de ciências gerais e # 8211 Questionário de ciências básicas, parte 3

101) Quem deu o princípio de que “qualquer órbita quântica em um átomo pode ser ocupada por não mais do que dois elétrons”?

102) Escreva um exemplo de homeostase.

Resposta: Aumento do batimento cardíaco ao correr e suar durante o exercício.

103) O que são bactérias Atrichous?

Resposta: Bactérias que não possuem flagelos são chamadas de bactérias Atrichous.

104) Quem deu a ideia “A eletricidade flui através do espaço a partir do metal aquecido”?

Resposta: Thomas Alva Edison.

105) O que aconteceria se a concentração dos reagentes aumentasse em uma reação reversível?

Resposta: A concentração do produto aumenta.

106) A configuração eletrônica de um átomo é 2, 8 e 2. Qual é o seu número atômico?

107) Quem introduziu o conceito de spin do elétron?

Resposta: Uhlenbeck e Goudsmit.

108) O que é chamado de planta de informação?

109) Quais são os outros nomes para reação escura da fotossíntese?

Resposta: reação de Blackman ou ciclo de Calvin.

110) “Partículas em movimento têm características de onda.” Quem propôs a ideia primeiro?

111) Quem propôs um princípio relativo ao sistema de equilíbrio?

112) O que você quer dizer com orbitais?

Resposta: São regiões do espaço ao redor do núcleo onde a probabilidade de encontrar um elétron é máxima.

113) De que forma a energia é irradiada de uma fonte?

114) Quais células são programadas para morrer durante a fase embrionária?

115) Qual é o tecido nutritivo mais comum para o desenvolvimento de embriões em angiospermas conhecido como?

116) Quem sugeriu que a luz é composta de pacotes de energia conhecidos como prótons?

117) Como o princípio Le Chatelier é útil para nós?

Resposta: Isso nos ajuda a inferir o efeito da mudança de concentração, pressão ou temperatura em um sistema de equilíbrio.

118) Quais são os inteiros usados ​​para expressar a energia, positividade, etc. de um elétron?

119) O que devemos considerar para explicar a estrutura fina do espectro do átomo de hidrogênio?

Resposta: Momento angular de rotação.

120) Por que o vírus não pode ser cultivado em meio totalmente artificial?

Resposta: Porque falta maquinário para usar a informação genética.

Resposta: A palavra animal vem do latim, significando respiração ou alma. Inclui mamíferos, pássaros, répteis, peixes, sapos, mariscos, lagostas, insetos, vermes e medusas.

122) Quem primeiro deu o conceito de 'Atom'?

123) A substância que conduz eletricidade com a ajuda dos íons presentes neles é chamada de quê?

124) O estado estacionário a partir do qual nenhuma mudança espontânea ocorre é chamado de quê?

125) Qual é o uso do Altímetro?

Resposta: Para medir a altitude.

126) Como são chamadas as plantas sem sementes?

127) O que são invertebrados?

Resposta: Eles são uma divisão dos animais que não possuem coluna vertebral.

128) Quantas vezes o próton é mais pesado que o elétron?

129) Escreva o nome de um ânion.

130) Qual é a cor do cloreto de amônio?

131) Para que serve o Amperímetro?

Resposta: Para medir o fluxo de corrente elétrica.

Resposta: O estudo de árvores chamado Dendrologia.

133) Qual é a maior célula?

Resposta: O ovo do pássaro avestruz.

Resposta: É a unidade de massa atômica.

135) Escreva o nome de um isolador.

136) As reações químicas que nunca chegam ao fim são chamadas de quê?

Resposta: Reações reversíveis.

137) Qual é a utilidade do anemômetro?

Resposta: Para medir a velocidade ou força do vento.

138) A energia é convertida da luz solar e liberada por quê?

139) Deu o nome de três animais peludos?

Resposta: A zibelina, uma espécie de antílope, o vison e a raposa ártica são animais peludos.

140) A energia liberada do sol e das outras estrelas é devida a quê?

141) Qual o melhor condutor de corrente elétrica?

142) Na fabricação de amônia a partir de hidrogênio e nitrogênio a pressão utilizada é.

143) Para que serve eletroscópio?

Resposta: Para medir a carga eletrostática.

144) Cite o processo pelo qual as plantas preparam seus alimentos.

145) Qual animal vivo tem a vida útil mais longa?

146) A força que tende a separar um núcleo?

Resposta: Repulsão eletrostática.

147) Qual é o não condutor de eletricidade?

148) O processo de fabricação do ácido sulfúrico é denominado como?

149) Qual é a utilidade do Calorímetro?

Resposta: Para medir a quantidade de calor.

Resposta: Tonoplasto é a membrana ao redor dos vacúolos da planta.


b. Arranjo de folhas opostas. []

c. Arranjos de veias e veias. [1]

f. Modificação da folha para prender insetos. [4]

Partes vegetativas da planta.

2. Pecíolo, pedicelo, lâmina foliar, nervura central

3. Alternativo, Oposto, Reticulado, Enrolado

4. Raiz fibrosa, raiz primária, raiz terciária, raiz secundária

Essas são as partes do Taproot

5. Rachis, Folhetos, Lâmina completamente dividida, Veias

Outros são partes de um sistema de folha

1. As raízes são a parte não verde e não fotossintética de uma planta.

1. Os brotos são parte verde e fotossintética de uma planta.

2. Eles são positivamente geotrópicos, hidrotrópicos, mas negativamente fototrópicos.

2. Eles são negativamente geotrópicos, hidrotrópicos, mas positivamente fototrópicos.

3.As raízes absorvem água e nutrientes do solo.

3. Os brotos preparam os alimentos pelo processo de fotossíntese.

1A lâmina não está dividida.

1. A lâmina é dividida em folhetos menores.

2. Se a lâmina for dividida, as divisões não alcançam a nervura central.

2. As divisões alcançam a nervura central.

3. Um botão está presente na axila de uma folha simples.

3. Um botão está presente na axila de uma folha composta, mas nunca está presente na axila de seu folheto.

4. Exemplos: Folhas de manga e peepal.

4. Exemplos: Folhas de Neem e rosa.

1. As nervuras estão dispostas em filas paralelas dentro da folha.

1. As veias e veias são ramificadas irregularmente formando uma rede. Há uma nervura central no meio da folha que dá nervuras e nervuras secundárias que se estendem para as margens da folha.

2. Por exemplo, folhas de monocotiledôneas, como grama, trigo e banana.

2. Por exemplo, folhas de dicotiledôneas, como manga e peepal.

Arranjos alternativos de folhas

Arranjos opostos de folhas

1. Neste padrão de arranjo de folhas, uma única folha está presente em cada nó do caule.

1. Neste padrão de arranjo de folhas, duas folhas são dispostas opostas uma à outra em um único nó do caule.

2. Todas as folhas são dispostas em espiral, uma em cada nó, de forma que nenhuma folha se sobreponha à outra.

2. Arranjos opostos podem ocorrer em dois padrões & # 8211 um par de folhas presentes em um nó são arranjados em ângulos aproximadamente retos para o próximo par, os pares de folhas estão presentes no mesmo plano em relação ao próximo plano.


As plantas desempenham o papel de produtores na natureza. são produtores, que produzem alimentos orgânicos para todos os vivos. Elas
utilizar a energia radiante do sol e converter em energia química. Desta forma, eles também desempenham o papel de
conversor. As plantas usam a luz solar na fotossíntese. Durante a fotossíntese na presença de CO solar2
& amp H2O convertido em carboidrato & amp O2 moléculas.

MECANISMO DE FOTOSSÍNTESE

Etapas da fotossíntese:
A clorofila retém a luz do sol.
CO2 e molécula de água usada como matéria-prima.
Agora a clorofila converte a matéria-prima em carboidrato.
O oxigênio é gerado como um subproduto neste processo.

REQUISITO DE FOTOSSÍNTESE

As plantas verdes precisam dos seguintes itens para preparar sua própria comida:
Dióxido de carbono: as plantas absorvem o dióxido de carbono do ar atmosférico através dos estômatos presentes em
a superfície inferior das folhas. As células de guarda ao redor dos estômatos regulam sua abertura e fechamento.
Clorofila: É o pigmento verde presente na folha. A cor verde das folhas é devido ao
presença de clorofila. Geralmente está presente em organelas celulares especiais chamadas cloroplasto. Clorofila
captura a energia solar durante a fotossíntese.
Luz solar: A luz solar vem do sol. É essencial, pois fornece a energia necessária para a reação.
Água e minerais: as raízes das plantas absorvem água junto com os minerais do solo e transportam
eles para as folhas para fotossíntese.

• Importância da fotossíntese:
É a principal fonte de produção de alimentos para todos os outros organismos vivos.
Ele mantém o equilíbrio do oxigênio e do CO2 na atmosfera.

NUTRIÇÃO EM PLANTAS NÃO VERDES

Plantas não verdes, como bactérias e fungos, não contêm clorofila. Então, eles não podem preparar sua comida
por fotossíntese. Esses tipos de plantas são plantas heterotróficas.

(1) Parasitas: Plantas que dependem de outro organismo vivo para suas necessidades nutricionais conhecidas como
plantas parasitas. Dodder (Amarbel) é um parasita de planta que produz raízes sugadoras especiais chamadas
haustoria. Para absorção de alimentos da planta hospedeira.
(2) Saprófitas: Plantas que dependem de matéria orgânica morta para sua nutrição, conhecidas como saprofíticas
plantas. Por exemplo - Bactérias e fungos amp.
(3) Plantas carnívoras e insetívoras: Algumas plantas também se alimentam como animais. Comida deles
consiste em pequenos insetos. Por exemplo - plantas de jarro.
Em uma planta de jarro, a folha é modificada em uma estrutura semelhante a um jarro quando algum inseto pousa sobre ela, a tampa é
fechado e o inseto está preso no jarro. Em seguida, é digerido pela secreção de enzimas.

(4) Simbiose: É uma parceria entre dois organismos em que ambos os parceiros se beneficiam de cada
de outros.
Por exemplo : Líquen.
O líquen é uma combinação de uma alga e um fungo. Em que, o fungo fornece água e minerais para o
alga, enquanto a alga fornece alimento orgânico aos fungos.

NUTRIÇÃO HETEROTRÓFICA EM ANIMAIS

Animais e plantas não verdes, como fungos, etc., não podem fabricar seus próprios alimentos. Para sua comida, eles
dependem de plantas verdes, direta ou indiretamente. Portanto, eles são chamados de heterótopos e seus
modo de nutrição é conhecido como nutrição heterotrófica.

Todos os animais são divididos em três categorias com base em seus hábitos alimentares:
• Animais herbívoros: Animais que se alimentam diretamente de plantas são chamados de animais herbívoros ou herbívoros.
Exemplos são vaca, búfalo, cabra, etc.
• Animais Carnívoros: Animais que comem a carne de outros animais são chamados de animais carnívoros ou
carnívoros. Exemplos são leão, tigre, etc.
• Animais onívoros: Animais que comem plantas e carne de outros animais são chamados de onívoros
animais ou onívoros. Exemplos são seres humanos, porco, corvo, barata, etc.

Problemas de Olimpíada NCERT Classe 7 Nutrição em Plantas

Pergunta: A planta que alimenta e captura insetos é & # 8211
(A) Drosera (
B) Girassol
(C) Cuscuta
(D) Manga


Assista o vídeo: Como surgiram as plantas fotossíntese. Nerdologia Ensina 03 (Janeiro 2022).