Informação

Energia eólica


O que é energia eólica? Definição e explicação simples:

energia eólica refere-se ao uso da energia cinética dos movimentos do ar para gerar eletricidade. Essa energia é criada pela ação da radiação solar, o que leva a diferenças de temperatura na superfície da Terra. A energia eólica é, portanto, considerada uma forma indireta de energia solar e é atribuída a fontes de energia renováveis. Atualmente, o uso de eletricidade é possibilitado principalmente por turbinas eólicas, cuja operação é considerada relativamente limpa e ecológica.

Geração de energia eólica

O efeito da radiação solar leva ao aquecimento da atmosfera da Terra. Todas as superfícies da terra, sejam elas água, solo, areia ou rocha, absorvem o calor da energia solar e depois a liberam novamente. Como cada material reflete a radiação solar de maneira diferente e libera calor, o ar que fica acima dela sempre esfria e aquece de maneiras diferentes. Devido ao aumento do ar quente e às mudanças associadas nas condições de pressão, há movimentos que são chamados de vento. O movimento do vento pode ser usado como energia cinética para diferentes fins. No passado, a energia eólica era capturada usando moinhos de vento que geravam um movimento de diferentes rodas dentro. Isso foi convertido em trabalho mecânico para moer grãos e outros materiais, bem como para irrigação e drenagem de paisagens. As modernas usinas eólicas funcionam da mesma forma, porque o vento que atinge as pás do rotor aciona um gerador dentro da usina que gera eletricidade.

Vantagens e desvantagens do uso de energia eólica

A energia eólica está disponível em grandes quantidades em quase todo o mundo e, portanto, pode ser usada em inúmeros lugares para gerar eletricidade. A energia cinética das correntes de ar é independente da radiação solar, do clima e do clima, da vegetação e da natureza da paisagem. O vento é considerado uma fonte de energia barata e limpa, cujo uso está associado à baixa poluição. A necessidade de reduzir drasticamente as emissões de CO2 como medida essencial da proteção ambiental internacional torna a energia eólica uma alternativa à geração de energia de crescente importância. Enquanto isso, o preço da eletricidade gerada pela energia eólica se tornou muito mais competitivo, o que aumentou significativamente sua participação em escala global. A construção de parques eólicos, no entanto, é criticada por ambientalistas, pois as instalações representam uma ameaça à vida selvagem da região em questão. Especialmente para pássaros, é das lâminas localizadas a cinquenta a cem metros de altura, um perigo significativo, porque elas podem ser pegas lá e feridas ou mortas. Além disso, os críticos também apontam para o comprometimento estético da paisagem através das turbinas eólicas. Petições e protestos de moradores que temem a poluição sonora muitas vezes impedem a construção de parques eólicos no interior. Como resultado, está sendo dada cada vez mais atenção à construção de tais usinas em águas marinhas offshore. Ao contrário da crença popular, as turbinas eólicas usam apenas pequenas áreas e podem até ser instaladas em edifícios altos. No futuro, as turbinas eólicas diretas em casa, combinadas com energia solar, podem fornecer uma fonte confiável de energia e calor para as famílias de uma maneira ecológica.